Aluno Judeu

Esta piada foi vizualizada 927 Rose Mari 23/10/2008 08:39:30 Judeus

Um pai judeu, com a melhor das intenções, enviou seu filho para o colégio mais caro da comunidade Judaica.
Apesar das suas intenções, Samuel não ligava para as aulas. Notas do primeiro mês:
* Matemática 2 * Geografia 3 * História 3 * Literatura 2 * Comportamento 0
Estas espantosas classificações repetiam-se mês a mês, até que o pai se cansou:
- Samuel, ouve bem o que te vou dizer; se no próximo mês as tuas notas e o teu comportamento não melhorarem, vou te mandar estudar num colégio católico.
No mês seguinte as notas do Samuel foram uma tragédia e o pai cumpriu com a sua palavra.
Através de um rabino próximo da sua família, entrou em contato com um bispo que lhe recomendou um bom colégio franciscano para o qual Samuel foi enviado. Notas do primeiro mês:
* Matemática 8 * Geografia 7 * História 7 * Literatura 8 * Comportamento 8
Notas do segundo mês: * Matemática 10 * Geografia 8 * História 9 * Literatura 10 * Comportamento 10
O pai, surpreso, perguntou-lhe:
- Samuel, O que aconteceu para você ir tão bem na escola? Como é que se deu este milagre?
- Não sei papai. Não sei mesmo, mas assim que cheguei no colégio apresentaram-me todos os colegas e todos os professores e mais tarde fomos obrigados a ir a uma igreja, lá dentro do colégio.
Quando entrei, vi um homem crucificado, com pregos nas mãos e nos pés, cara de ter sofrido muito e todo ensangüentado... Fiquei muito impressionado! Perguntei:
- Quem é ele? E respondeu-me um aluno do curso superior:
- Ele era um judeu, como você.
- Então pensei: puta-que-pariu! Aqui não tem jeito, tenho mesmo que estudar, que os padres não estão para brincadeira...!!!

Mais da categoria Judeus

Piadas mais nova

Categorias mais acessadas

Descrição

Uma piada ou anedota é uma breve história, de final engraçado e às vezes surpreendente, cujo objetivo é provocar risos ou gargalhadas em quem a ouve ou lê. É um recurso humorístico utilizado na comédia e também na vida cotidiana.
O senso de humor varia em cada cultura. O que é engraçado para um povo pode não ser para outro. Um estudo da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, versou sobre o assunto em 2004, objetivando colher opiniões através da internet para se descobrir qual seria "a melhor piada do mundo".
Através do resultado dessa pesquisa, observou-se o quanto a cultura local influencia no "senso de humor" de cada povo. Os britânicos demonstraram gostar mais de trocadilhos, enquanto franceses e alemães costumavam optar por piadas que tendiam ao nonsense. Já os estado-unidenses preferiam piadas sobre assuntos locais.
Contudo, algumas características foram independentes do país. Homens, de uma maneira geral, demonstraram gostar de piadas que envolvessem sexo e preconceito, enquanto as mulheres não gostavam desse tipo de conteúdo. Como a pesquisa só possui até o momento dados de Estados Unidos, Canadá e Europa, não há análise sobre as preferências dos ibero-americanos.