Cê que sabe

Esta piada foi vizualizada 1451 Andreza 03/10/2008 10:30:00 Caipiras

Cansado da agitação da vida urbana, Celso larga o emprego, compra um pedaço de terra no Amazonas e se muda para lá.
Ele vê o carteiro uma vez por semana e vai à mercearia uma vez por mês.
No mais, é paz e tranqüilidade. Seis meses depois, em dezembro, alguém bate na porta.
Celso abre e vê um enorme homem barbudo de 1,90, mal encarado, com um facão na mão e um 3-oitão na cinta que lhe diz:
- Meu nome é Chicão, seu vizinho, 7 léguas daqui. Festa de Natal lá em casa, sexta-feira. Começa às cinco. Celso se entusiasma:
- Ótimo, amigo... depois de seis meses por aqui, na solidão, nada melhor que isso.
Muito obrigado, vou sim. Chicão começa a ir embora, pára e diz:
- Seguinte: vai rolar bebida.
- Sem problema. Eu topo. Novamente Chicão começa a ir embora, mas pára e diz:
- Olha, também pode ter briga.
- Nenhum problema também... eu me dou bem nesses lugares e sei me virar.... Mais uma vez obrigado.
Chicão continua:
- Ah..... e também pode ter sexo meio selvagem... Celso, cada vez mais empolgado, retruca:
- Também não é empecilho algum.... Eu estou aqui faz 6 meses, sozinho.... Mais um motivo para eu ir.
- E, aproveitando, me diz uma coisa: qual é o traje? Chicão:
- Cê que sabe. É só nós dois...

Mais da categoria Caipiras

Piadas mais nova

Categorias mais acessadas

Descrição

Uma piada ou anedota é uma breve história, de final engraçado e às vezes surpreendente, cujo objetivo é provocar risos ou gargalhadas em quem a ouve ou lê. É um recurso humorístico utilizado na comédia e também na vida cotidiana.
O senso de humor varia em cada cultura. O que é engraçado para um povo pode não ser para outro. Um estudo da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, versou sobre o assunto em 2004, objetivando colher opiniões através da internet para se descobrir qual seria "a melhor piada do mundo".
Através do resultado dessa pesquisa, observou-se o quanto a cultura local influencia no "senso de humor" de cada povo. Os britânicos demonstraram gostar mais de trocadilhos, enquanto franceses e alemães costumavam optar por piadas que tendiam ao nonsense. Já os estado-unidenses preferiam piadas sobre assuntos locais.
Contudo, algumas características foram independentes do país. Homens, de uma maneira geral, demonstraram gostar de piadas que envolvessem sexo e preconceito, enquanto as mulheres não gostavam desse tipo de conteúdo. Como a pesquisa só possui até o momento dados de Estados Unidos, Canadá e Europa, não há análise sobre as preferências dos ibero-americanos.

Whatsapp