Não leve serviço para casa

Esta piada foi vizualizada 1284 Luiz 22/01/2010 12:25:26 Cornos

Um funcionário da agência funerária está trabalhando à noite, para examinar os corpos antes destes serem sepultados ou cremados.
Ao preparar um corpo identificado como sendo de um tal de José Chagas, que será cremado, descobre que o defunto tem o maior pênis que ele já viu na vida.
- Desculpe, Sr. Chagas (Pensa o funcionário). Mas não posso mandá-lo para o crematório com essa coisa enorme.
Ela tem que ser conservada para a posteridade! Com um bisturi, remove o pênis do morto, guarda-o num frasco e vai para Casa.
A primeira pessoa a quem ele mostra a monstruosidade é sua mulher.
- Tenho algo para te mostrar, querida. Nem vais acreditar! Abre o frasco e... A esposa, ao ver o conteúdo, grita estarrecida:
- Oh, meu Deus!!!!!
O Chagas morreu???

Mais da categoria Cornos

Piadas mais nova

Categorias mais acessadas

Descrição

Uma piada ou anedota é uma breve história, de final engraçado e às vezes surpreendente, cujo objetivo é provocar risos ou gargalhadas em quem a ouve ou lê. É um recurso humorístico utilizado na comédia e também na vida cotidiana.
O senso de humor varia em cada cultura. O que é engraçado para um povo pode não ser para outro. Um estudo da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, versou sobre o assunto em 2004, objetivando colher opiniões através da internet para se descobrir qual seria "a melhor piada do mundo".
Através do resultado dessa pesquisa, observou-se o quanto a cultura local influencia no "senso de humor" de cada povo. Os britânicos demonstraram gostar mais de trocadilhos, enquanto franceses e alemães costumavam optar por piadas que tendiam ao nonsense. Já os estado-unidenses preferiam piadas sobre assuntos locais.
Contudo, algumas características foram independentes do país. Homens, de uma maneira geral, demonstraram gostar de piadas que envolvessem sexo e preconceito, enquanto as mulheres não gostavam desse tipo de conteúdo. Como a pesquisa só possui até o momento dados de Estados Unidos, Canadá e Europa, não há análise sobre as preferências dos ibero-americanos.

Whatsapp