O enterro da sógra

Esta piada foi vizualizada 1055 Luiz 26/03/2007 10:00:00 Sógras

Saindo do supermercado um homem se depara com uma inusitada procissão de funeral.
Achou aquilo muito estranho e parou para olhar. Primeiro vinha um caixão preto.
Depois, um segundo caixão preto. Em seguida, um homem sozinho levando um doberman na coleira.
Finalmente, atrás dele, uma longa fila indiana só de homens.
Não contendo a curiosidade, ele se aproxima delicadamente do homem com o cachorro, e diz baixinho:
- Meus sentimentos por sua perda...
Eu sei que o momento não é apropriado, mas eu nunca vi um enterro assim!
O senhor poderia me dizer quem faleceu?
- Bem... No primeiro caixão está a minha esposa.
- Puxa! Sinto muitíssimo! O que aconteceu com ela?
- Meu cachorro... Ele a atacou...
- Nossa, que tragédia!
E o segundo caixão?
- Está minha sógra...
Ela tentou salvar a filha... Fez-se um silêncio consternado.
Os dois olham-se nos olhos.
- Me empresta o cachorro?
Diz o homem: - Entra na fila!

Mais da categoria Sógras

Piadas mais nova

Categorias mais acessadas

Descrição

Uma piada ou anedota é uma breve história, de final engraçado e às vezes surpreendente, cujo objetivo é provocar risos ou gargalhadas em quem a ouve ou lê. É um recurso humorístico utilizado na comédia e também na vida cotidiana.
O senso de humor varia em cada cultura. O que é engraçado para um povo pode não ser para outro. Um estudo da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, versou sobre o assunto em 2004, objetivando colher opiniões através da internet para se descobrir qual seria "a melhor piada do mundo".
Através do resultado dessa pesquisa, observou-se o quanto a cultura local influencia no "senso de humor" de cada povo. Os britânicos demonstraram gostar mais de trocadilhos, enquanto franceses e alemães costumavam optar por piadas que tendiam ao nonsense. Já os estado-unidenses preferiam piadas sobre assuntos locais.
Contudo, algumas características foram independentes do país. Homens, de uma maneira geral, demonstraram gostar de piadas que envolvessem sexo e preconceito, enquanto as mulheres não gostavam desse tipo de conteúdo. Como a pesquisa só possui até o momento dados de Estados Unidos, Canadá e Europa, não há análise sobre as preferências dos ibero-americanos.