O julgamento da velhinha

Esta piada foi vizualizada 793 Luiz 21/04/2009 10:00:00 Idosos

Juiz: Qual sua idade ?
Velhinha: Tenho 86 anos.
Juiz: Diga-nos, por palavras suas, o que lhe aconteceu no dia 1º de abril do ano passado.
Velhinha: Estava sentada no alpendre da minha varanda, num fim-de-tarde suave de verão, quando um jovem, se sentou a meu lado.
Juiz: A senhora o conhecia?
Velhinha: Não, mas ele foi muito simpático.
Juiz: O que aconteceu depois?
Velhinha: Depois de uma amena cavaqueira, ele começou a acariciar-me a coxa.
Juiz: A senhora tentou impedi-lo?
Velhinha: Não.
Juiz: Porque não?
Velhinha: Era muito agradável. Desde que o meu Alfredo faleceu, há 30 anos, nunca mais ninguém me tinha feito isso.
Juiz: O que aconteceu depois?
Velhinha: Acho que, pelo simples fato de não o ter impedido, ele começou acariciar os meus seios...
Juiz: E nessa altura, a senhora o deteve?
Velhinha: É claro que não !
Juiz: Por que não?
Velhinha: Porque, Meritíssimo, ele me fez sentir viva e excitada. Não me sentia assim arretada, há 30 anos!
Juiz: O que aconteceu depois?
Velhinha: Ora, Sr. Dr. Juiz, o que faria uma mulher verdadeira, ardendo em chamas, já de noitinha, diante de um jovem ávido de amor? Estávamos sós... e abrindo as pernas suavemente, disse-lhe: Podes possuir- me, rapaz!
Juiz: E ele a possuiu?
Velhinha : Não!!!  Ele gritou: "1º DE ABBRRRRIIIILLLL!!!". Foi então que dei um tiro no filho da puta!!!

Mais da categoria Idosos

Piadas mais nova

Categorias mais acessadas

Descrição

Uma piada ou anedota é uma breve história, de final engraçado e às vezes surpreendente, cujo objetivo é provocar risos ou gargalhadas em quem a ouve ou lê. É um recurso humorístico utilizado na comédia e também na vida cotidiana.
O senso de humor varia em cada cultura. O que é engraçado para um povo pode não ser para outro. Um estudo da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, versou sobre o assunto em 2004, objetivando colher opiniões através da internet para se descobrir qual seria "a melhor piada do mundo".
Através do resultado dessa pesquisa, observou-se o quanto a cultura local influencia no "senso de humor" de cada povo. Os britânicos demonstraram gostar mais de trocadilhos, enquanto franceses e alemães costumavam optar por piadas que tendiam ao nonsense. Já os estado-unidenses preferiam piadas sobre assuntos locais.
Contudo, algumas características foram independentes do país. Homens, de uma maneira geral, demonstraram gostar de piadas que envolvessem sexo e preconceito, enquanto as mulheres não gostavam desse tipo de conteúdo. Como a pesquisa só possui até o momento dados de Estados Unidos, Canadá e Europa, não há análise sobre as preferências dos ibero-americanos.