Palmeirense viajando

Esta piada foi vizualizada 811 Luiz 20/12/2006 09:00:00 Futebol

Depois de ver o seu time indo pra segunda divisão, o palmeirense não agüentava mais a tiração de sarro dos corintianos. Era Porco de segunda pra cá... Timinho pra lá... Até que ele resolveu tirar umas férias pra relaxar.
Viajou pro nordeste.
Em uma feira hippie em frente ao cais de Fortaleza ele viu uma estátua de um rato, de bronze, em tamanho natural que chamou sua atenção.
- Quanto é? - perguntou ao vendedor.
- A estátua é 20 reais! E a história dela é 150!
O sujeito achou estranho, mas comprou só a estátua.
- Dispenso a história, amigo... Tá muito cara... O vendedor compreendeu e vendeu a estátua ao sujeito.

Quando ele atravessou a rua com o rato de bronze, dois ratos saíram de um bueiro e vieram atrás dele.
Ele achou estranho e apertou o passo. Mais adiante foram aparecendo mais ratos até que tinham centenas de ratos atrás dele. Então ele começou a correr. E os ratos começaram a correr atrás. Ele começou a ficar desesperado. Então correu até a ponta do cais e arremessou a estátua o mais longe que conseguiu. E, para a surpresa dele, todos os ratos pularam atrás. Rapidamente ele volta pra falar com o vendedor da estátua.

- Ahá! - disse o vendedor - Sabia que você ia voltar! Veio comprar a história da estátua, né?
- Não, amigo... Só queria saber se você não tem como conseguir a estátua de um corintiano!

 

Mais da categoria Futebol

Piadas mais nova

Categorias mais acessadas

Descrição

Uma piada ou anedota é uma breve história, de final engraçado e às vezes surpreendente, cujo objetivo é provocar risos ou gargalhadas em quem a ouve ou lê. É um recurso humorístico utilizado na comédia e também na vida cotidiana.
O senso de humor varia em cada cultura. O que é engraçado para um povo pode não ser para outro. Um estudo da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, versou sobre o assunto em 2004, objetivando colher opiniões através da internet para se descobrir qual seria "a melhor piada do mundo".
Através do resultado dessa pesquisa, observou-se o quanto a cultura local influencia no "senso de humor" de cada povo. Os britânicos demonstraram gostar mais de trocadilhos, enquanto franceses e alemães costumavam optar por piadas que tendiam ao nonsense. Já os estado-unidenses preferiam piadas sobre assuntos locais.
Contudo, algumas características foram independentes do país. Homens, de uma maneira geral, demonstraram gostar de piadas que envolvessem sexo e preconceito, enquanto as mulheres não gostavam desse tipo de conteúdo. Como a pesquisa só possui até o momento dados de Estados Unidos, Canadá e Europa, não há análise sobre as preferências dos ibero-americanos.